a

All ideas streamlined into a single flow of creativity. Smiltė.

LA offices
  • No products in the cart.
Image Alt

Acerca de mim

Biografia

Carol Barreto é Artista Visual, Designer de Moda Autoral, Colunista da Revista RAÇA, Professora do Departamento de Estudos de Gênero e Feminismo da Universidade Federal da Bahia.

Carol Barreto é Artista Visual, Designer de Moda Autoral, Colunista da Revista RAÇA, Professora do Departamento de Estudos de Gênero e Feminismo da Universidade Federal da Bahia. Oriunda de Santo Amaro da Puri cação – BA, trabalha com a relação entre Moda e Ativismo Político Feminista e Antirracista, construindo um trabalho de visibilidade internacional nas passarelas de Dakar -SEN, Paris – FR, Luanda – AO e galerias de arte em Chicago – EUA, Toronto – CA, Nova York – EUA, Cidade do México – CDMX, Salvador –BA, Rio de Janeiro – RJ e São Paulo – SP, além de atividades de circulação de sua obra em Recife – PE, Fortaleza – CE – BR, Bogotá – COL e Williamsburg – VA – EUA. As- sinou o gurino do lme sobre a obra de Lina Bo Bardi, criação do cine- asta inglês Isaac Julien; e o gurino do Musical ‘Brasilis: Circo Turma da Mônica’, sobre Diversidade Cultural Brasileira, em turnê nacional.

Percurso Profissional

Convidada a integrar o time de designers internacionais em Adama Paris Fashion Agency, sediada em Dakar – Senegal e Paris – FR, em dezembro de 2016, desfilou a Coleção Asè no Angola International Fashion Show.

CAROL BARRETO, oriunda de Santo Amaro da Purifica  o – BA é Artista Visual, Designer de Moda Autoral, Ativista, Professora Adjunta do Bacharelado em Estudos de Gênero e Diversidade da Universidade Federal da Bahia, Doutoranda no Programa Multidisciplinar de P s-Gradua  o em Cultura e Sociedade – IHAC – UFBA e Mestre em Desenho, Cultura e Interatividade – UEFS. Nessa caminhada entre passarelas e galerias de arte, desfilou cole  es em eventos de moda em Salvador- BA, Recife – PE e Fortaleza – CE e foi premiada em duas ocasi es.

Em 2013 foi convidada a representar o Brasil na Dakar Fashion Week, no Senegal, evento internacional que re ne criadores de diversas nacionalidades que expressem a diversidade cultural de seu pa s. No Drag o Fashion Brasil 2014 apresentou, na cidade de Fortaleza – CE a cole  o FLUXUS, cujo desdobramento se deu com lan amento de exposi  o de fotografias do editorial de moda e dos looks da cole  o em comemora  o Fortaleza – CE – BR, Bogotá – COL e Williamsburg – VA – EUA.

Ao dia da consci ncia negra. Em 2015 a artista viajou rumo   capital internacional da moda para apresentar seu trabalho na Black Fashion Week PARIS, na França, onde produziu um trabalho fotográfico em parceria com o fotógrafo Alexis Peskine e a Coiffure Murielle Kabile.

Em fevereiro de 2016 exp s seu trabalho no Canadá, na cidade de Toronto, integrando a exposição ‘Water Carry Me Go’ junto a 07 designers da diáspora africana. O projeto de curadoria de Chinedu Ukabam realizou a performance e exposição no Royal

Ontario Museum e na galeria do Harbourfront Centre, integrando as comemorações do Black History Month KUUMBA Celebrations. Em março de 2016 realizou Exposição e Artist Talk em duas galerias de arte – Sector 2337 Gallery e The Silver Room – em Chicago – IL – EUA a convite do Harmonipan Studio, compondo mais uma etapa do projeto de circulação internacional da coleção VOZES, sob curadoria de Juci Reis – BR e Jordan Martins – EUA.

Em junho de 2016 a artista foi homenageada em Santo Amaro – BA, num evento organizado pela Câmara de Vereadores da Cidade que lhe entregou a Comenda Marquês

de Abrantes, maior honraria da casa – a mesma que Maria Bethânia recebera no ano anterior – em reconhecimento às suas contribuições à cultura da cidade. Em julho de 2016 lançou em Salvador – BA, na Saladearte Cinema do Museu, o EduDoc intitulado ‘Moda.Devir: das cria  es de Carol Barreto’ sob direção de Claudio Manoel Duarte, trabalho que envolve modelos e lideranças das comunidades Quilombolas do Recôncavo Baiano foi exibido nas comunidades quilombolas integrantes do projeto, em Maceió-AL, Bayreuth, Alemanha e em Maputo – Moçambique.

Convidada a integrar o time de designers internacionais em Adama Paris Fashion Agency, sediada em Dakar – Senegal e Paris – FR, em dezembro de 2016, desfilou a Coleção Asè no Angola International Fashion Show, dividindo a passarela com 17 designers angolanas e com 10 designers internacionais em Luanda – Angola. Trabalho reapresentado no evento Conversas Plugadas do Teatro Castro Alves, Salvador – BA, um desfile-show com execução da trilha sonora assinada pela compositora Laila Rosa, em parceria com Iuri Passos e participação das musicistas do projeto Projeto Rum Alagbé do Ilê Iyá Omin Axé Iyá Massê, Terreiro do Gantois.

Selecionada em segundo lugar dentre os profissionais de moda para representar o Brasil na 2a edi  o do Mercado de Ind strias Culturais dos Pa ses do Sul (Micsul), a obra

de Carol Barreto integrou o catálogo oficial do evento que aconteceu de 17 a 20 de outubro de 2016, em Bogotá, na Col mbia.

No ano de 2017 Carol Barreto esteve dentre as artistas selecionadas para a 10a edição do Flotar Programa 2017, para participar de residências artísticas na América do Norte. Realizou atividades de artist talk, exposição, performance, criação de vídeo e fotografia na cidade de Nova York – EUA, para compor a fase de circulação internacional da Coleção Asè.

Em 2017, foi protagonista de um dos 20 epis dios da terceira temporada da s rie documental EXPRESSO, que conta com dire  o geral Hilton Lacerda – diretor do filme Tatuagem e outros. Nessa lista estão, além da estilista baiana Carol Barreto, o rapper GOG, o pintor João Câmara, o rapper Ricco Dalasam, a cantora Karina Buhr, a sambista Tia Surica, o cineasta Edgar Navarro, dentre outras pessoas de destaque no campo das artes. Com estréia em junho de 2017, no canal CINEBRASILTV – dedicado exclusivamente à produção brasileira independente, o documentário traz registros sobre a trajetória de grandes artistas do cenário contemporâneo, e no episódio 12 narra a história da estilista

Carol Barreto e sua relação criativa com o recôncavo baiano. Essa série conta com filmes individuais sobre cada artista, narrando com imagens poéticas e conversas com pessoas importantes da sua trajetória, a construção do seu trabalho como artista e ativista na moda. Em novembro de 2017 foi organizadora da Mostra Artística Modativismo: Carol Barreto convida Adama Paris e Goya Lopes”, na Galeria do Goethe Institut, Salvador – BA. Compondo um evento de debate sobre Moda e Ativismo Antirracista, com a presença da criadora da Black Fashion Week Paris.

Em março de 2018 integrou a exposição ‘Maré: Releituras estéticas sobre o mar’, na galeria José Melquior do Centro Cultural Brasil México (Embaixada do Brasil), situada na Cidade do México – MX, a convite do Flotar Programa, onde expôs a obra Coleção Asè. Em junho de 2018 elaborou a criação do figurino do filme sobre Lina Bo Bardi, obra do cineasta britânico Isaac Julien, que lança uma interpretação artística sobre a obra da arquiteta e tem como protagonistas Fernanda Montenegro e Fernanda Torres. Carol Barreto foi convidada a criar duas coleções, uma sob inspiração na escadaria do MAM, vestindo o Balé Folclórico da Bahia, sob direção de Zebrinha e outro com inspiração no Coatí para um grupo de performers protagonizado por Laís Machado, sob direção de

Diego Pinheiro. Além de uma composição para um ato em protesto à morte da Ativista

Marielle Franco.

Em outubro de 2018 a convite da Universidade William and Mary, retorna aos Estados Unidos para ministrar junto com Laila Rosa, aulas sobre Artivismo Feminista no departamento de Latin American Studies da W & M University, em Williamsburg, Virginia, USA, onde realizaram performance da Coleção Asè em diálogo com professores e estudantes da Universidade e sob as lentes de Mira Silva, compuseram outras etapas para

documentário Coleção Asè. Em abril de 2018 a obra “Cole  o Asè” ganha o caráter de espetáculo cênico teatral, e a performance artística compôs a programação da confer ncia internacional “Ecos do Atlântico Sul – Sobre o futuro das relações transatlânticas do Sul”, realizada pelo Goethe Institut em Salvador, Bahia, cidade de grande relevância histórica nesse contexto temático. Mais de 60 artistas, curadores, cientistas e pensadores nacionais e internacionais, vindos de países da África, Europa e América do Sul, foram convidados para o evento, que ocupou o Goethe-Institut Salvador- Bahia e a Universidade Federal da Bahia (UFBA). Sob curadoria de Ines Linke e Uriel

Bezerra, a exposição coletiva, homônima ao título da conferência reuniu obras de um

grupo internacional de 15 artistas/coletivos que, por meio de seus trabalhos, comentaram as relações complexas entre os países que compõem o Atlântico Sul e nesse contexto construímos uma instalação com parte da obra “Cole  o Asè”. A exposição Ecos do Atlântico Sul, também foi realizada entre em novembro de 2018 no Museu da Liberdade e da Escravidão/ Secretaria Municipal de Cultura, no Rio de Janeiro; e em março de 2019 na Galeria Pivô, em São Paulo – SP. A instalação conta com projeção de um vídeo de Edgar Azevedo e Helemozão, com atuação de Anita Costa, Luma Nascimento e Carla Akotirene e tem curadoria de Juci Reis, do Flotar, um programa criado com o objetivo de promover o diálogo internacional entre asdiferentes disciplinas contemporâneas, tanto a arte visual e sonora, bem como criar liga  es entre artistas, gestores culturais e instituições, como parte do Harmonipan Studio, sediado na Cidade do México – MEX e Chicago – EUA.